www.redcornucopia.org usa cookies para mejorar tu experiencia navegando por nuestros entornos web. Conoce nuestra política de cookies aqui. Si continúa navegando, consideramos que acepta su uso.

ICAAM (Grupo UALG) PARTICIPA EM PROJETO INTERNACIONAL PARA CARATERIZAÇÃO DE COMPOSTOS BIOATIVOS DE FRUTAS IBEROAMERICANAS

Fecha: 02-01-2012
ICAAM (Grupo UALG) PARTICIPA EM PROJETO INTERNACIONAL PARA CARATERIZAÇÃO DE COMPOSTOS BIOATIVOS DE FRUTAS IBEROAMERICANAS

O projeto “CORNUCOPIA”, aprovado no final de 2011 como projeto de rede CYTED, pretende desenvolver uma rede de colaboração científica, tecnológica e formativa dedicada à caraterização e avaliação funcional e de segurança de compostos bioativos obtidos a partir de frutas produzidas nos países ibero-americanos. O trabalho desenvolver-se-á seguindo uma estratégia multidisciplinar, juntando as áreas da agricultura, alimentação, nutrição e saúde, e envolvendo parceiros com diferentes perfis incluindo os vocacionados para o desenvolvimento de novos produtos.


Pretende-se com este projeto, que aposta numa forte interligação investigação-empresa, desenvolver novos produtos alimentares ricos em compostos bioativos naturais de frutas ibero-americanas, seguros e com potencial efeito biológico na prevenção de diferentes distúrbios, nomeadamente os associados ao envelhecimento.

A rede CORNUCOPIA é coordenada por Dr. Diego A. Moreno-Fernández, do Centro de Edafología y Biología Aplicada del Segura (CEBAS - CSIC), Espanha, e inclui 26 grupos científicos e tecnológicos de Universidades, Institutos Públicos, PMEs e Indústrias de 11 países: Brasil, Chile, Colombia, Costa Rica, Equador, Guatemala, México, Perú, Portugal, Espanha e Uruguai.

Portugal integra esta rede com dois grupos de trabalho, um liderado por Amílcar Duarte, investigador do ICAAM (Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais Mediterrânicas) e docente da Universidade do Algarve, e outro por Paula Andrade da Universidade do Porto. Entre as frutas estudadas pelos grupos portugueses estão a romã e o marmelo ricas, respetivamente, em elagitaninos e flavonóides e flavonóides e ácidos fenólicos.

Documentos relacionados

Galeria

Otros contenidos

http://redcornucopia.org/